sexta-feira, 4 de maio de 2018

Visita à Unidade de Multideficiência

No dia 20 de abril, a turma 6º A (turma do Filipe, um menino da Unidade) veio visitar com o seu Diretor de Turma, o professor Rui, a Unidade de Multideficiência.

Foi um momento muito especial e importante para todos os meninos, especialmente para o Filipe, que raramente recebe visitas na Unidade.
Todos ficaram a conhecer a Unidade e o seu modo de funcionamento e, no final, receberam um marcador de livros feito pelos meninos da Unidade, com a ajuda da professora Cátia e da dona Ana. E os visitantes puderam deixar o seu testemunho, num livro criado para o efeito.

Esta foi, portanto, uma experiência muito positiva, pelo que se convida mais meninos e turmas, a virem visitar a nossa Unidade! Um grande bem-haja ao professor Rui por ter proporcionado esta experiência à sua turma!



A aluna da turma, Andreia Lopes, no apoio com a professora Cátia Rodrigues, escreveu um texto sobre esta visita, onde relata de forma emocionada, o que sentiu!


A visita à Unidade de Multideficiência

Na sexta-feira dia 20 de abril, na aula de matemática, o senhor professor Rui levou-nos a fazer uma visita à unidade.
Por volta das nove e um quarto, lá fomos nós visitar o nosso colega Filipe.
Quando lá chegámos fomos recebidos da melhor maneira, pela senhora professora Cátia e pela auxiliar dona Ana.
A professora começou por apresentar os alunos da unidade: o Filipe, a Miriam, a Giovana e o Xavier. A professora explicou que cada um daqueles meninos é especial à sua maneira.
Quando a professora mostrou os trabalhos deles, eu fiquei contente, porque eles ao fazerem uma coisa mínima, que nós provavelmente demoramos cinco minutos a fazer, eles demoram uma ou duas horas, mas já é um esforço enorme que estão a fazer.
Em seguida, mostraram-nos os brinquedos e eu reparei que na unidade não tinham muitos, mas os meninos dão valor aos que têm e ficam contentes. Quando a professora estava a apresentar os brinquedos, o professor Rui teve a ideia de, cada um de nós, poder contribuir para a Unidade com um brinquedo ou um livro que tivesse em casa e que já não fizesse falta.
A professora Cátia referiu também que o Filipe gosta muito de passear na rua e ver os carros e é por isso que o vemos, de vez em quando, no recreio. Mas só quando está bom tempo!
O que não gostei muito de ouvir foi que deveria haver melhores condições para estas crianças, porque quando está a chover torna-se complicado, tanto para as professoras como para a dona Ana, levar o Filipe até à cantina, pois têm de subir as escadas pegando em peso no Filipe e na sua cadeira, o que é complicado!
Também nos foi dito que pouca gente visita a Unidade, o que faz com que estes meninos ainda se sintam um pouco à parte, pelo que fomos convidados a visitar a Unidade quando quisermos.
Olhem, nós todos temos diferenças, mas também, todos diferentes todos iguais! Não fujam destes meninos, pelo contrário, dêem-lhes amor e carinho, que é o que eles precisam, e não deixemos de lado as pessoas que mais precisam de nós!

Andreia Lopes nº3 6ºA

Sem comentários:

Publicar um comentário